“Estou com a incrível sensação de se sentir querido, amado, protegido, cuidado. Estou com vontade de morar num abraço, adormecer num sorriso, num sopro de hálito quente, de beijo com coração acelerado, de mãos frias, de mãos dadas. Estou sentindo segurança, sentindo certeza, sentindo confiança. Quero um só colo quando o mundo desabar, quero ter quem me pegue pelas mãos, ter quem me puxe, quem me empurre, quem me queira até mesmo quando eu cansar de mim mesmo. Quero ter pra onde ir, ter um caminho e ter quem me acompanhe. Estou com aquela sensação de sorrir com apenas um toque, uma palavra. Aquela sensação de ter seu coração em boas mãos. Sabe o amor? Eu já experimentei.”
Meu nome não é John (via herbreak)
“Eu vou segurar a sua mão, vou te ajudar a remar quando as águas ficarem turbulentas. Mas eu nunca vou deixar o nosso barco se perder, naufragar. E se por acaso tudo ficar complicado demais, eu te abraço até o mar se acalmar. Eu te dou todas as certezas do mundo de que se você vier e que quando tudo isso passar, estaremos em um lugar seguro. Mas você tem que me prometer que não vai desistir no meio do caminho, querer deixar a embarcação ou até mesmo querer remar sozinho. E se tudo parecer perdido me dê um pouco da sua atenção. Eu vou te fazer entender que tudo o que temos consegue ser maior que todos os males que o mar tende a oferecer. Porque o nosso amor é como uma âncora. Ela vai tratar de manter o nosso barco seguro nos momentos de tempestade.”
Restos de um naufrágio. (via reclusivo)
“Tua boca, tua pele, teu cheiro é canção”
Maneva
“Quando penso em alguém, só penso em você.”
Cássia Eller.   
“Ela é tão pequena, tão frágil. Por que alguém a machucaria?”
“Bonito mesmo é quando você sabe que alguém está fazendo um esforcinho só para te fazer sorrir.”
Gramaticas.   

mists